ELEIÇÕES 2014 – RETA FINAL – PARTE IV

CESSOU A PROPAGANDA ELEITORAL NO RÁDIO E TV!

NOS DEBATES REALIZADOS PELA GLOBO, REUNINDO CANDIDATOS AOS GOVERNOS DOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL E PRESIDENCIÁVEIS (POR CRITÉRIOS DA EMISSORA, MUITOS NOMES FICARAM DE FORA), O “TELESPECTADOR-ELEITOR” PERDEU A OPORTUNIDADE DE OUVIR DOS PARTICIPANTES, PROPOSTAS CONCRETAS E OBJETIVAS SOBRE TEMAS IMPORTANTÍSSIMOS PARA O ESTADO (SÃO PAULO) E PARA A NAÇÃO.

PERGUNTAS E RESPOSTAS (ENTRE OS CANDIDATOS) FORAM PÍFIAS. OS “CONCORRENTES”, INTENCIONALMENTE OU NÃO, LEVARAM O DEBATE PARA UM CAMPO IMPRODUTIVO, RECHEADO DE ACUSAÇÕES QUE SE APROXIMARAM ÀS RAIAS DA BAIXARIA.

É DE SE LAMENTAR!!

O ELEITOR QUE SE VIRE?!?!

 

“PÁ PENSÁ” – PARAFRASEANDO:

“MI DIGA COM QUEM OCÊ SI ABOLETÔ QUI EU TI FALAREI QUEM OCÊ É”.

ELEIÇÕES 2014 – RETA FINAL – PARTE III

NÃO VENDA O SEU VOTO.

“VENDER O VOTO É O MESMO QUE VENDER A CONSCIÊNCIA.

E VENDER A CONSCIÊNCIA É VENDER A SI MESMO.

O DIREITO DE VOTAR NÃO TEM PREÇO.

UM VOTO MAL DADO REFLETE NA SOCIEDADE COMO UM TODO, E NA VIDA DA PRÓPRIA PESSOA.

SÃO VOTOS ASSIM QUE LEVAM PESSOAS CORRUPTAS E MAL PREPARADAS PARA CARGOS PÚBLICOS.

DEPOIS NÃO ADIANTA RECLAMAR DE CORRUPÇÕES OU FALCATRUAS PRATICADAS PELOS POLÍTICOS!!!”.

DIGA NÃO AOS CORRUPTORES E DENUNCIE (SEJAM ELES CANDIDATOS, OU INTERMEDIÁRIOS CONHECIDOS PELA ALCUNHA [É ISSO MESMO: ALCUNHA], DE “COMPRA-VOTOS”).

É DIFÍCIL? IMPERA O “CAGAÇO”? AQUELA “GRANINHA” FALA MAIS ALTO? A CONSCIÊNCIA SUCUMBE DIANTE DE TAIS TOMADAS DE DECISÕES?

LEMBRE-SE QUE:

NÃO CEDENDO (VENDENDO), O “DIREITO QUE É SÓ SEU“, VOCÊ SERÁ MUITO, MAS MUITO MAIOR!!!

ELEIÇÕES 2014 – RETA FINAL – PARTE II

NÃO VALE A PENA ANULAR O VOTO.

EMBORA, VOTAR NULO (OU EM BRANCO), SEJA UMA OPÇÃO COLOCADA A DISPOSIÇÃO DO ELEITOR E REPRESENTE PROTESTO, É UM PROTESTO PERIGOSO.

ANULAR O VOTO SIGNIFICA ABRIR MÃO DO SEU DIREITO DE ESCOLHER.

E, ABRINDO MÃO DO SEU DIREITO DE ESCOLHER, ESTARÁ “MANDANDO ÀS FAVAS” O EXERCÍCIO ÍMPAR DE CIDADANIA.

VOCÊ JÁ IMAGINOU QUE PROCEDENDO DESSA MANEIRA, ALÉM DE PRATICAR UMA AÇÃO ASSUMIDAMENTE OMISSA, PODERÁ ESTAR CONTRIBUINDO PARA A ASCENSÃO DE MAUS POLÍTICOS AO PODER?

ELEIÇÕES 2014 – RETA FINAL – PARTE I

A HORA É JÁ! PRECISAMENTE, DIA 5 DE OUTUBRO DE 2014.

É DO CONHECIMENTO DE TODOS QUE SEPARAR O “JOIO” DO “TRIGO”, EM POLÍTICA, NÃO É TAREFA FÁCIL!

ALIÁS, REQUER UMA AÇÃO INDIVIDUAL QUE PODE SER COMPARADA A UMA AUTODEFESA DA CONSCIÊNCIA.

E A DEFESA DA CONSCIÊNCIA TAMBÉM É UM ATO INDIVIDUAL, POR ISSO É SINGULAR (EXEMPLO: SÓ DEPENDE DE VOCÊ).

QUANDO FOREM (E SERÃO) REUNIDOS OS “PRONOMES PESSOAIS: EU, TU, ELE, NÓS, VÓS, ELES”, E A AÇÃO DE REPÚDIO ACONTECER EM UNÍSSONO:

1) CHEGA DE POLITICAGEM!

2) NÃO AOS INTEGRANTES DA “TURMA DA BANDA PODRE”, POLÍTICOS QUE, ESCANCARADAMENTE (BANDIDOS ASSUMIDOS) OU VELADAMENTE (LOBOS COM PELES DE CORDEIROS), “SURFAM” ENTRE MARACUTAIAS, NOS MARES DAS CORRUPÇÕES, DILAPIDANDO O PATRIMÔNIO PÚBLICO, EMPORCALHANDO A POLÍTICA BRASILEIRA.

AÍ, SIM, PODEREMOS DIZER:
AQUI SOMOS CIDADÃOS!
AQUI EXERCEMOS A CIDADANIA.
AQUI FAZEMOS A NOSSA PARTE, PARA O BEM DA HISTÓRIA.