“COISAS” QUE ÀS VEZES ACONTECEM ENTRE AMIGOS MAIS ÍNTIMOS

Até que aquele
inesperado percalço
– “mui amigo, hem?”
os distanciem
para sempre (ou não).

Coronel Lima,
AMIGO do Presidente Temer.

João Baptista Lima Filho protagoniza gravíssimas denúncias (comprometendo ele e o Amigo Presidente) que relatam suspeitas de negócios escusos, envolvendo áreas da iniciativa privada com o setor público, ou vice-versa.

Antonio Palocci,
AMIGO do ex-Presidente Lula.

Antonio Palocci Filho (o ex-ministro que tudo via, que tudo sabia??!!) em delação premiada, expôs “as entranhas do governo petista”.
E acabou colocando o Amigo ex-Presidente e a “companheirada”, em “saia justa”.
Ainda mais justa do que já se encontravam.

Fabrício Queiroz,
AMIGO do deputado e senador eleito Flávio Bolsonaro.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras – Coaf – aponta que Fabrício José Carlos Queiroz (ex-motorista e ex-assessor do deputado estadual Flávio Bolsonaro), movimentou mais de R$ 1,2 milhão em operações suspeitas.

VIDA LONGA PARA OS “AMIGOS PARA SEMPRE” E TAMBÉM PARA OS “INIMIGOS”, EX-AMIGOS.

QUE TUDO SEJA ESCLARECIDO, JÁ QUE EXISTEM DECLARAÇÕES DE INOCÊNCIAS OU DE DESCONHECIMENTO DOS FATOS RELATADOS OU DENUNCIADOS.

Publicado por ZÉ LOPES

JOSÉ ANTONIO LOPES - JORNALISTA EDITOR/PROPRIETÁRIO DO JORNAL “O CLARIM”: 10/06/1973 – 20/11/1976. EDITOR/PROPRIETÁRIO DO JORNAL “A FOLHA DE AURIFLAMA: 14/08/1977 – 24/12/1978. EDITOR/PROPRIETÁRIO DO JORNAL “A FOLHA DE AURIFLAMA”: 13/03/1983 – 15/04/1984. DIRETOR RESPONSÁVEL DO JORNAL “A FOLHA DE AURIFLAMA”: A PARTIR DE 16/04/1984.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *