EU? SIGO, VARRENDO…

Pediu-se “Faxina”, Faxina Total,
mas, entendamos…
e… convenhamos:
FOI BOA, não ficou tão mal!

Um forte abraço à todos
(cidadãos e cidadãs)
que assimilaram
o enredo do mero desejo.
Utopia daquele
BOM “FAXINEIRO”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *