ELEIÇÕES 2014 – RETA FINAL – PARTE II

NÃO VALE A PENA ANULAR O VOTO.

EMBORA, VOTAR NULO (OU EM BRANCO), SEJA UMA OPÇÃO COLOCADA A DISPOSIÇÃO DO ELEITOR E REPRESENTE PROTESTO, É UM PROTESTO PERIGOSO.

ANULAR O VOTO SIGNIFICA ABRIR MÃO DO SEU DIREITO DE ESCOLHER.

E, ABRINDO MÃO DO SEU DIREITO DE ESCOLHER, ESTARÁ “MANDANDO ÀS FAVAS” O EXERCÍCIO ÍMPAR DE CIDADANIA.

VOCÊ JÁ IMAGINOU QUE PROCEDENDO DESSA MANEIRA, ALÉM DE PRATICAR UMA AÇÃO ASSUMIDAMENTE OMISSA, PODERÁ ESTAR CONTRIBUINDO PARA A ASCENSÃO DE MAUS POLÍTICOS AO PODER?

ELEIÇÕES 2014 – RETA FINAL – PARTE I

A HORA É JÁ! PRECISAMENTE, DIA 5 DE OUTUBRO DE 2014.

É DO CONHECIMENTO DE TODOS QUE SEPARAR O “JOIO” DO “TRIGO”, EM POLÍTICA, NÃO É TAREFA FÁCIL!

ALIÁS, REQUER UMA AÇÃO INDIVIDUAL QUE PODE SER COMPARADA A UMA AUTODEFESA DA CONSCIÊNCIA.

E A DEFESA DA CONSCIÊNCIA TAMBÉM É UM ATO INDIVIDUAL, POR ISSO É SINGULAR (EXEMPLO: SÓ DEPENDE DE VOCÊ).

QUANDO FOREM (E SERÃO) REUNIDOS OS “PRONOMES PESSOAIS: EU, TU, ELE, NÓS, VÓS, ELES”, E A AÇÃO DE REPÚDIO ACONTECER EM UNÍSSONO:

1) CHEGA DE POLITICAGEM!

2) NÃO AOS INTEGRANTES DA “TURMA DA BANDA PODRE”, POLÍTICOS QUE, ESCANCARADAMENTE (BANDIDOS ASSUMIDOS) OU VELADAMENTE (LOBOS COM PELES DE CORDEIROS), “SURFAM” ENTRE MARACUTAIAS, NOS MARES DAS CORRUPÇÕES, DILAPIDANDO O PATRIMÔNIO PÚBLICO, EMPORCALHANDO A POLÍTICA BRASILEIRA.

AÍ, SIM, PODEREMOS DIZER:
AQUI SOMOS CIDADÃOS!
AQUI EXERCEMOS A CIDADANIA.
AQUI FAZEMOS A NOSSA PARTE, PARA O BEM DA HISTÓRIA.

REALIDADE

ORIGINAL – POSTADO EM 08/08/2014

“… OLHE PARA MIM,
VOCÊ NÃO ESTÁ DORMINDO,
VOCÊ ESTÁ ACORDADA.

HÁ UMA LINHA TÊNUE
ENTRE SONHO E REALIDADE.

SE AS PESSOAS ACORDAREM,
PODEM QUERER PEDIR ‘REEMBOLSOS’”!!!

TROFÉU: “RATO DOS RATOS” – A DISPUTA CONTINUA ACIRRADÍSSIMA!

ORIGINAL – POSTADO EM 24/09/2014

OS RATOS, APÓS PROCESSO DE TRANSMUTAÇÃO (TRANSFORMADOS EM HUMANOS), UNIDOS ENTRE SI, ENRIQUECEM GRAÇAS AS PARTES DE NEGOCIATAS: AQUELAS QUE ACREDITAM DAR OS MELHORES LUCROS, MESMO QUE PRATICADAS NO “VAREJO”.

PARA MAIOR TRANQUILIDADE DOS “RATOS” E “RATAZANAS” É NECESSÁRIO ACREDITAREM QUE OUTROS “RATOS” OU “RATAZANAS”, OCUPANTES DE PONTOS ESTRATÉGICOS, PODEM LIVRÁ-LOS DAS RATOEIRAS.

OS “RATOS” NÃO SÃO BURROS!!!

“RATOS” SÃO APENAS “RATOS” QUE EXPLORAM A INGENUIDADE HUMANA, USANDO MÉTODOS NADA RECOMENDÁVEIS. MAS, PARA MANTEREM SEUS STATUS DOMINANTES, NÃO ABREM MÃO DE MARACUTAIAS, SUPERFATURAMENTOS, ETC, ETC, ETC.

O NEPOTISMO PODE SER APONTADO COMO UM TRAÇO COMUM. SOMENTE ENTRE ELES SE SABE QUEM É OU NÃO APARENTADO A “RATO”. QUEM NÃO É ESTÁ FORA, POR MAIS QUE JURE TER PAVOR DE RATOEIRA E ADORE QUEIJO.

“RATOS” VERDADEIROS TAMBÉM SÃO RECONHECIDOS POR SUAS DESONESTIDADES, FALTA DE CARÁTER, CARA DE PAU E FACILIDADE NO MENTIR.

QUANDO ENCURRALADOS, A SAÍDA CONTINUA SENDO DAS MAIS “CABELUDAS”:   – “EU NÃO SABIA”!!!

FALANDO EM “RABO”…

ORIGINAL – POSTADO EM 22/09/2014

SEGUNDO “MICHAELIS”: RABO – (LAT RAPU) É UM SUBSTANTIVO MASCULINO.

ENTRE AS VARIANTES NOS DEPARAMOS COM VÁRIOS EXEMPLOS:

PEGAR EM RABO DE FOGUETE: ASSUMIR COMPROMISSO DIFÍCIL DE CUMPRIR; TOMAR UM ENCARGO MALPARADO.

SAIR COM O RABO ENTRE AS PERNAS: SAIR ENVERGONHADO, MEDROSO, COMO CACHORRO ENXOTADO.

TER RABO DE PALHA: SER CONHECIDO POR AÇÕES POUCO DIGNAS, TER MÁ REPRESENTAÇÃO. [PARA ESTE, EM PARTICULAR, UM DITADO POPULAR RECOMENDA MUITA CAUTELA AO BRINCAR COM FOGO].

AH, EXISTE TAMBÉM A “TURMA DO RABO PRESO”, MAS ESTA VARIANTE NÃO ESTÁ NO “MICHAELIS” E É TEMA PARA FUTUROS COMENTÁRIOS.